Há muito tempo a humanidade vem discutindo o conceito e a aplicação da ética. São mais de 2.500 anos, considerando apenas a cultura ocidental, na busca de definições e aplicações desta matéria tão importante e de difícil compreensão.

Hoje sou um estudioso deste assunto e, quanto mais estudo, mais vejo uma grande confusão entre conceitos que permeiam a história. Não é fácil. O itinerário neste estudo é o que conforta.

As coisas se confundem ainda mais quando buscamos a definição de moral. O que é ético? O que é moral? É difícil definir. Várias são as correntes que juntam os dois conceitos e outras que buscam diferenciá-los. Até agora, por que sei que vou mudar, creio que é mais adequado buscar a definição grega de ética.

A origem grega da palavra ética é a palavra êthos/éthos que, quando grafado com a vogal “ê” (eta) longo, ήθος – tem o sentido de “propriedade do caráter”. Quando grafado com vogal breve “é” (epsilon) θος  tem o sentido de “costume”. Esse último (costume) foi a tradução feita para o latim como “Moris e/ou Morales” que definimos hoje como moral.

Portanto, há uma pequena diferença entre um e outro, que não somente semântica. Podemos definir Ética e Moral como:

Ética Moral
Ética É PRINCÍPIO Moral É CONDUTA ESPECÍFICA
Ética É PERMANENTE Moral É TEMPORAL
Ética É UNIVERSAL Moral É CULTURAL
Ética É REGRA Moral É CONDUTA DA REGRA
Ética É TEORIA Moral É PRÁTICA
Ética É REFLEXÃO Moral É AÇÃO
Ética trata do BEM/MAL Moral trata do CERTO/ERRADO

São definições contemporâneas que, em minha opinião, abarcam e diferenciam os conceitos entre as duas disciplinas. Outros termos importantes para conhecer são: aético, que quer dizer ausência de qualquer princípio ético. Antiético, que significa contrário à ética existente. Amoral, que não têm moral alguma e imoral, contra a moral existente.

Não podemos afirmar que somos éticos sem conhecer com algum grau de profundidade o que é ética e o que ela estuda. Ser ético pressupõe examinar permanentemente a forma e conteúdo da vida que você leva. O estudo da ética deve ser constante e desde a tenra idade.

Quantas vezes nossos familiares fizeram um encontro para discutir princípios éticos? Quantas vezes na escola nossos professores discutiram ética sistematicamente? Quantas vezes nossos amigos se encontraram para discutir ética? Quantas vezes na empresa, houve reuniões estruturadas para discussão exclusiva de ética?

A resposta para essas questões é: Poucas vezes ou nenhuma vez!

Se não aprendemos ética na família; se não aprendemos ética na escola; se não aprendemos ética com os amigos; se não aprendemos ética no trabalho, como sabemos ética?

Na verdade há uma confusão profunda entre os conceitos de ética que tratam do bem e mal universal com os conceitos de moral e conduta que tratam do certo e errado particular. Como ética não está na agenda do dia de todos nós, pouco discutimos e por isso pouco sabemos. Temos um grande caminho pela frente para que possamos conhecer a ética, entender a ética e praticar a ética.

Como dizia Saramago: a única evolução possível do ser humano é a evolução ética. O resto é apenas acumular bens.


Matéria por: Francisco Santos

  • Francisco Santos
    Francisco Santos
    Colunista
Francisco Santos
Colunista

Ética, Moral, Legado e Reputação
Francisco Santos: Filósofo-Eticista, Consultor e Palestrante, doutorando em Ética e Filosofia Política, pós-graduado em Filosofia e Ensino de Filosofia, licenciado em Filosofia, graduado em Comunicação Social. Atuou como CEO e Diretor de várias empresas nacionais e multinacionais e hoje é sócio da Aprendendo@Pensar, consultoria com 13 anos de existência, especializada na transformação de empresas em ricas, éticas, inspiradoras e perenes. Professor de Ética do MBA da FUNDACE, Organizador do TEDxRibeirão, Voluntário do Escritório Regional do Alto Comissariado das Nações Unidas para Direitos Humanos (ONU), Voluntário do CVV e Membro do Conselho de Usuários da TIM, representante oficial no Brasil dos Mestrados e Doutorados da Universidade Católica Portuguesa – Braga/Portugal. Fundador do Instituto Magna Moralia que atuará na habilitação de professores do ensino fundamental e médio, para o Desenvolvimento da Consciência Ética e Moral e seu ensino estruturado aos alunos.

Clique aqui para acessar todos os textos do colunista
Email
Blog pessoal
Lattes


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here