Sobre os pés está o peso do nosso corpo. Equilibramos o passo desejando chegar. Muitas vezes não temos consciência do movimento necessário para que tudo se harmonize e funcione a contento.

Corpo, mente, coração e espírito.

E o que somos? Qual é o nosso ideal?

Entre muitas teorias – e após ouvir muitos relatos em consultório – posso citar quatro dicas para alinhar nossos passos em direção ao nosso objetivo: o topo.

1- Esteja no aqui e no agora: Mantenha seu foco na respiração e reconheça sua presença no mundo. Entenda que o lugar em que você está é o ideal. Concentre-se no momento presente e agradeça por estar onde está. Afinal, se você não valorizar a sua atual situação, seja ela qual for, por que seria merecedor de algo melhor. Estamos exatamente no lugar certo para aprender sobre humildade e valorização. Feito isto, a vida nos autoriza novas possibilidades de sucesso.

2- Aprecie sua força: Independente do ponto em que se encontra, a força vem mantendo sua honra. O fato de questionar-se a respeito de sua atuação no mundo revela uma índole altruísta que deseja acertar, independente do quanto tenha que cair durante a caminhada. Lembre-se: sua força é poder. O poder, sem dúvida, é responsável pelo nível de evolução em que você está. Cultive a chama. Aprecie seus questionamentos. Não diminua seu direito ao progresso. Denuncie a você mesmo pequenos desesperos e ampare-se sobre seus pés. O corpo estará seguro sobre eles. Vá em frente!

3- Diminua a dependência: Ser dependente significa estar preso a algo. Quando estamos amarrados, sufocamos o amor próprio. Procure investigar suas carências e hábitos antigos, pois neste ponto amarras costumam fazer morada. Atente-se às seguintes expressões, que têm muito a revelar:

– Sem seu amor não sou nada!  (dependência)

– Não gosto de mudanças na minha rotina! (hábito)

– Preciso ter o domínio sobre tudo! (dependência e manutenção de hábito)

– Não tenho direito, afinal meus pais também não tiveram! (dependência).

4- Ajude-se: Você é um caminhante completamente infantil, apesar de ser um adulto. Na escola da vida, a evolução é a verdadeira missão pessoal de cada um.

Sendo assim, a exposição e às intempéries da vida formam a didática que a escola da vida adota para ensinar. O método baseia-se na teoria do “vamos ver se você aprende” na dor e/ou na abundância. Na dor, a aprendizagem indica que falta-nos resiliência, por exemplo. Já na abundância, aponta que precisamos de humildade. Cada adversidade é uma prova e cada bem estar intenso também.

Esta didática da escola da vida me parece baseada na famosa frase de Sófocles: “O poder revela o homem”.

E eu acrescento: o caos também!


Colunista: Irlei Wiesel

  • Irlei Wiesel
    Irlei Wiesel
    Colunista
Irlei Wiesel
Colunista

1

Graduada em Pedagogia. Pós-graduada em Psicopedagogia.
Irlei Wiesel é Coaching Personal & Professional, Escritora, Conferencista, Empresária no segmento do Agronegócio e Educação Corporativa.
Graduada em Pedagogia. Pós-graduada em Psicopedagogia.

Atuou por 14 anos como Educadora do Ensino Fundamental. Nomeada para Casa Civil junto ao Palácio do Governo do Estado do RS para desenvolver projetos educacionais às prefeituras do estado.
Atuou por 6 anos na 8ª Delegacia de Ensino.
Psicoterapeuta com especialização em Hipnose, treinada pelos Drs Jeffrey Zeig e Stephen Gilligan.
Formada em Renascimento com o criador da Técnica o Americano Leonard Orr.
Master Practitioner em Programação Neurolingüística.
Practitioner em Terapia da Linha do Tempo.
Membro da Time Line Therapy com sede no Hawaii-USA.
Diretora do Grupo Wiesel, que possui empreendimentos nos segmentos da Saúde, Clinica de Auto-gestão, Educação Corporativa (treinamentos e palestras), Agronegócio.
Debatedora do Programa: Jogo de Cintura na Rádio Antena 1FM.
Participou por dois anos do programa de TV Conexão Saúde no canal 20 da Net, sempre abordando temas voltados ao desenvolvimento pessoal.
Articulista de diversos sites, revistas e jornais no Brasil.
Co-Autora do livro Você em Primeiro Lugar e do CD um Tempo para Vida.
Autora do livro Cure-se Antes que Você Adoeça – Editora Imprensa Livre.
Sua sólida formação no desenvolvimento humano embasa seu trabalho.
Realiza Palestras e Treinamentos com o foco voltado para liderança, competências emocionais, relacionamentos produtivos, gestão de pessoas, desenvolvimento de talentos, e educação.

Clique aqui para acessar todos os textos da colunista
E-mail
Fanpage


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here