Tenho pensado ultimamente nas muitas escolhas que temos que fazer na vida , dentre tantas  a escolha da carreira a seguir. Fazendo uma analogia ás estantes do supermercado, tantos produtos novos… vejamos as prateleiras de artigos de limpeza, antigamente tínhamos meia dúzia de produtos para limpar. Minha mãe sempre dizia: um pouco de álcool, água, um lustra móveis e um sapólio davam conta de limpar muito bem uma casa.

Hoje ficamos confusos com tantas variedades! Assim como ficamos com tantos cursos novos despontando no mercado. Num futuro não muito remoto novas carreiras irão surgir, das quais ainda nem ouvimos falar. As crianças de hoje  ocuparão cargos que ainda serão inventados pelas novas demandas mundiais.

Isso assusta um pouco. Como então cobrar do filho que está recém saído do ensino médio uma posição certa sobre qual carreira ele quer seguir? O menu é variado e os caminhos são muitos.

Antigamente os jovens estudavam, basicamente, para serem médicos, advogados ou administradores. Hoje o leque de opções é enorme, há quem nem queira fazer uma faculdade e tudo bem.

Vejamos pelo ponto de vista deles, por que escolher um curso se hoje você pode fazer muitos? Você pode estudar em outro país, ficou muito mais fácil, universidades nacionais se aliam ás estrangeiras oportunizando um cardápio pra lá de diverso e tentador . Há a possibilidade de poder estudar em outros formatos, através dos EADs, por exemplo, ou você pode simplesmente se engajar em algum projeto seu particular, e se dar muito bem com isso. Depende de estar no lugar certo, hora certa, e muita disposição para fazer acontecer.

A sorte é relativa, prefiro apostar no carisma, na força de vontade e na enorme criatividade desses jovens empreendedores. É claro que muitos não querem nada com nada, mas outros tantos sabem muito bem o que querem, são determinados e correm atrás.

Hoje , por exemplo,  existe a profissão de blogueiro, você pode trabalhar home office,  e de qualquer lugar do mundo, temos também os youtubers, enfim, o nicho da internet abriu muitos caminhos, alavancou muitas carreiras que nem sonhávamos. E está num continuum crescente.

Jovens sedentos por novas oportunidades aprenderam que talento é pra ser mostrado e,  quando reconhecido, devido a globalização, da um retorno quase que imediato e muito gratificante quando o assunto é ter sucesso, visibilidade e, muitas vezes, ganhar muito dinheiro em pouco tempo.

Praticamente, com os pés no futuro, e sem trocar os pés pelas mãos, meninos e meninas sonham com um universo diverso do que sonharam seus pais e avós. Querem mais e podem mais, basta ter foco e determinação.

A educação tradicional meio que se desintegra (ainda que) vagarosamente, capengando e com formato e prazo de validade há muito, vencidos.

Após o terceiro ano do Ensino Médio um novo horizonte emerge para seduzir aqueles que querem algo mais. A dificuldade aparece aí, nesse momento de escolhas e possibilidades.

Saídos de um processo penoso educativo, onde muitos não são incentivados a refletir ou atribuir valores sobre as questões da vida real, da sociedade e até mesmo sobre si próprios, encontram-se engessados para alçar voos maiores, irem mais além.

Uma pena e desperdício para aqueles que querem se enfiar dentro das caixinhas previsíveis com medo de inovar  e optam, sem muita reflexão, por uma carreira qualquer, muitas vezes para contentar seus pais e resolver logo seu trajeto acadêmico.

Que estes jovens possam ter a compreensão dos familiares e de todos com quem convivem, que eles possam ter tempo, apoio e principalmente liberdade para refletirem, com cuidado,  sobre que caminhos querem tomar.


Colunista: Vera Fontes Menegon

  • Vera Fontes Menegon
    Vera Fontes Menegon
    Colunista
Vera Fontes Menegon
Colunista

1

Nascida em São Paulo, atualmente morando em Minas, escrever crônicas, poesias e historinhas infantis são minha paixão. Cursando o último ano de Letras, estou sempre na esperança de mudanças significativas (e urgentes) na área da educação.
Clique aqui para acessar todos os textos da colunista
Facebook
E-mail

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here