Quem nunca ficou esperando a mulher ou o homem dos seus sonhos? Aquela pessoa perfeita que se encaixaria e faria tudo ser diferente na sua vida, algo como um conto de fadas…

No decorrer das nossas experiências percebemos que não existe o príncipe ou a princesa, mas existem pessoas dispostas a serem os melhores parceiros e abrir seus corações.

Relacionar-se é viver momentos de intensa felicidade, sentir que o amor além de nos preencher extravasa as nossas margens e toca o outro,. Errar sofrer, ter muitos aprendizados, descobrir que apesar do conhecimento e da sabedoria sempre vamos aprender algo novo porque somos únicos e nossos relacionamentos também serão únicos.

Cada casal tem sua essência, suas regras de bom convívio e acredito que a base deve ser consistente no amor, confiança, cumplicidade e respeito. Carregue os melhores aprendizados de experiências passadas, mas lembre-se de deixar que as crenças e infelicidades de outros tempos não façam parte do novo, pois isso pode gerar conflitos e desavenças.

Abaixo reflito sobre cinco dicas para ter um relacionamento saudável:

  • Ame você em primeiro lugar: cuide de você, sinta prazer somente na sua presença, conheça seus gostos, seus limites, seja independente e tenha vida própria. Primeiro sinta e viva o amor para depois dar oportunidade para que outra pessoa entre e compartilhe da sua vida.
  • O outro também tem vida própria: quando nos relacionamos queremos que a outra pessoa viva no nosso mundinho e é possível que isso aconteça no início onde tudo é maravilhoso. No entanto, não conseguimos renunciar nossa essência e espaço por muito tempo e logo voltaremos com nossos hábitos. Talvez o nosso maior erro é querer mudar o outro, e o caminho está em respeitar a essência do companheiro. Somos o resultado das nossas experiências, crenças, valores e outros fatores que podem influenciar o nosso comportamento. Lembre-se que cada atitude tem intenção positiva e para gerar frutos positivos devemos nos adaptar, renunciar, respeitar as diferenças e fortalecer o que atrai.
  • Ame sem esperar nada em troca: sentimentos e atitudes não são produtos para serem condicionados ou negociados. Se for pra amar, dar carinho, fazer algo, não fique esperando que o outro retribua; permita-se viver as emoções do momento. Cada um oferece o que tem de melhor. Conheça a linguagem e a forma de demonstrar seu amor pela pessoa. Talvez o outro não queira uma grande declaração de amor, mas gestos simples que demonstre a importância que ele tem na sua vida.
  • Evite brigas e saiba perdoar: conflitos e divergências vão acontecer no relacionamento e se não acontecer é um sinal para atentar-se porque alguém está renunciando sua essência para estar com o outro. O relacionamento pode desgastar-se com discussões e brigas desnecessárias. Quando perceber que errou assuma e tire seus aprendizados. Evite brigas pensando antes de falar, mantendo tranquilidade e focando numa solução boa para ambos. Perdoar os erros não significa que você vai aceitar tudo, mas é uma oportunidade para entender o caminho que o seu relacionamento está indo, perdoar é dar oportunidades para viver bons momentos novamente, conhecer os limites de vocês, colocar um ponto final naquela situação e permitir que sigam em frente sem mágoas e tristezas.
  • Insegurança pode acabar em separação: é difícil entregar-se totalmente e viver de forma intensa um relacionamento, não sabemos a reação da outra pessoa com o nosso comportamento e se somos queridos e amados, porém ao deixar que a insegurança e dúvida dominem nossas vidas, estamos impedindo que grandes momentos e alegrias existam. Com a insegurança podemos cometer os excessos de ser quem não somos, de fazer o que não queremos e a intenção é proteger e manter nossas conquistas. Entretanto, a insegurança pode gerar conflitos, sufocar o outro e terminar em separação. Pense se que se a pessoa está com você, é porque tem seus propósitos. Em suma, observe os sinais do seu relacionamento: às vezes nossa imaginação nos leva a criar “verdades” que não existem.

Não deixe que seu relacionamento entre na rotina, façam coisas diferentes: divertam-se juntos, com seu círculo social, criem novidades, cuide bem de você para você poder cuidar da pessoa, entregue sempre o seu melhor, alinhem seus propósitos e permitam-se viver com qualidade o tempo em cada pequeno momento.

Grande abraço,


Colunista: Mayra Soares

  • Mayra Dias de Andrade Soares
    Mayra Dias de Andrade Soares
    Colunista
Mayra Dias de Andrade Soares
Colunista

Master Coach e Treinador Comportamental
É Diretora de Desenvolvimento do Instituto Ribeirão Preto de Coaching (IRPC), Co-Fundadora do Grupo Master Coaches Brasil (MCB), Trainer Comportamental pelo Instituto de Formação de Treinadores (IFT) e Master Coach com especialização em Business and Executive Coaching e Personal and Self Coaching, Consultora Analista Comportamental e Avaliação 360º certificada pelo Instituto Brasileiro de Coaching (IBC), Behavioral Coaching Institute (BCI), International Coaching Council (ICC), European Coaching Association (ECA), Global Coaching Community (GCC), International Association of Coaching (IAC), Metaforum International e International Association of Coaching Institutes. Trainer. Graduada em Gestão de Recursos Humanos, Pós-graduanda Gestão Avançada de Pessoas e cursando MBA em Gestão de Empresas e Negócios. Coautora do livro COACHING NAS EMPRESAS – Estratégias de Coaching para o ambiente corporativo. No decorrer da minha carreira de oito anos lidando com Gestão de Pessoas encontrei uma paixão pelo desenvolvimento e empoderamento das pessoas nos vários desafios que surgem na vida pessoal e profissional.
Tel: +16 99716.5152

Clique aqui para acessar todos os textos da colunista
E-mail
Site


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here