Ser proativo com certeza não tem nada a ver com enrolar ou procrastinar. A procrastinação não é, definitivamente, amiga de nenhum aluno. Faz com que procure aleatoriamente na web, assista vídeos engraçados no YouTube ou verifique constantemente o que está acontecendo no Facebook ou Twitter, ao invés de fazer as coisas que realmente importam. Ela mata o seu tempo e o leva ao fracasso. Lembre-se daquele famoso ditado: “Não deixe para amanhã o que você pode fazer hoje.”

Pesquisas dizem que 1 em cada 5 adultos (e não apenas estudantes!) podem ser ser procrastinadores crônicos. Mas a procrastinação não significa necessariamente ser preguiçoso. A inação é frequentemente causada por ansiedade, medo do fracasso ou perfeccionismo negativo. Para dar um fim ao estresse causado por não fazer as coisas, o Portal Educa2 preparou 15 dicas que podem ajudar a matar o que está te matando: a procrastinação.


1- Conheça a si próprio:

Como: Entenda como a procrastinação afeta sua vida. Pense sobre os hábitos que muitas vezes te levam a ela.

Porque isso ajuda: Essa percepção o impede de sentir-se improdutivo e ajuda a entender as causas da procrastinação.


2- Gestão eficaz do tempo:

Como: Crie estimativas para completar tarefas. Compare a precisão destas estimativas ao longo da execução.

Porque isso ajuda: Simplifica o trabalho ao executar um planejamento eficaz. Melhora a qualidade do trabalho e evita o estresse.


3- Mude sua perspectiva:

Como: Pense sobre o que te atraiu para estas tarefas. Olhe além das notas que pode obter, focando no que interessa.

Porque isso ajuda: Identifica objetivos pessoais melhorando o envolvimento. Reavalia uma atribuição tornando-a menos intimidante.


4- Comprometa-se com suas atribuições:

Como: Faça uma lista das tarefas que você está confiante em completar. Marque as tarefas, conforme for completando-as.

Porque isso ajuda: Reconstrói a confiança em suas próprias habilidades. Compromete-o a cumprir em promessas.


5- Trabalhe em ambientes produtivos:

Como: Escolha sabiamente onde e com quem você trabalha. Não estude em lugares cheios de distrações, como celular, computador ou TV.

Porque isso ajuda: Ajuda a concentrar-se na tarefa imediata. Remove os obstáculos para estudar.


6- Seja realista:

Como: Defina metas razoáveis ​​para mensurar sua conquista. Seja paciente, a mudança não virá do dia pra noite.

Porque isso ajuda: Evita a frustração com as expectativas irreais. Metas irrealistas alimentam a procrastinação; Por que tentar o mais difícil?


7- Fale positivamente com você mesmo:

Como: Observe como você fala com si próprio quando está adiando algo. Substitua o pensamento ou a fala negativa por uma positiva.

Porque isso ajuda: Interrompa o pensamento negativo antes dele começar. Use esta energia para atingir metas.


8- Trabalhe com sua agenda:

Como: Desenvolva um horário flexível que leve em consideração as tarefas importantes, incluindo seu lazer. Tenha tempo livre para atividades extracurriculares.

Porque isso ajuda: Uma programação rígida pode fazer você sentir-se sobrecarregado. Sinta-se feliz ao ter seus trabalhos completados.


9- Complete por etapas:

Como: Dedique curtos espaços de tempo para completar uma grande tarefa. Alcance-a no seu ritmo, sem pressão.

Porque isso ajuda: Grandes tarefas parecem menores quando são realizadas em doses homeopáticas. Ganha-se força e reduz-se obstáculos.


10- Não viva no mundo da fantasia:

Como: Pare de fantasiar sobre os resultados a serem alcançados. Em vez disso, elabore medidas concretas para alcançá-los.

Porque isso ajuda: A imaginação aliada à fantasia é o inimigo da motivação. Visualizando os resultados de forma objetiva, faz com que haja melhora da energia para o trabalho.


11- Prepare-se para os obstáculos:

Como: Liste os possíveis obstáculos para completar tarefas. Planeje alternativas, como por exemplo, “Sempre que olhar para o Facebook, eu faço uma pausa”.

Porque isso ajuda: Lhe prepara mentalmente com antecedência. Encara a procrastinação direto na fonte, de forma eficaz.


12- Melhore o comportamento de aprendizagem:

Como: Foque menos na gratificação no presente (notas). Concentre-se mais no ganho com a aprendizagem para o futuro.

Porque isso ajuda: Desenvolve comportamentos corretos ao encarar erros. Melhora o comportamento no combate à procrastinação.


13- Ajude-se:

Como: Peça aos seus colegas ou sua família que não alimentem seu hábito. Se você fracassar, lide com as consequências sozinho, não culpando ninguém por isso.

Porque isso ajuda: As pessoas que esperam ajuda tendem a procrastinar mais. Ensina a desenvolver a autossuficiência e independência.


14- Recompensa:

Como: Crie um sistema de recompensa para comemorar tarefas bem-sucedidas. Da mesma forma, organize pequenas punições para falhas.

Porque isso ajuda: Reforça positivamente o esforço e progresso. Fornece incentivo e impulso para completar suas promessas.


15- Aprenda a perdoar-se:

Como: Se você deslizar, não seja duro consigo mesmo. Entenda que não há nenhuma solução rápida.

Porque isso ajuda: A procrastinação está geralmente enraizada em nossas mentes. O perdão pode melhorar resultados futuros. Dê tempo ao tempo e reavalie suas práticas.

A procrastinação é mais do que adiar tarefas, é um medo da ação.


A solução? Tenha fé em si mesmo, viva o presente e defina metas realistas que podem ser alcançadas com sucesso. Todos reconhecerão seu esforço, e o resultado aparecerá naturalmente, como consequência de seu trabalho e disciplina. Bons estudos!


Matéria por:

  • André Moreira
    André Moreira
    Sócio Fundador do Portal Educa2
André Moreira
Sócio Fundador do Portal Educa2

É Bacharel e Licenciado em Química e Pedagogia, habilitado em Física, e possui MBA em Gestão de Instituições de Ensino. Atuou por 15 anos como professor das disciplinas de Química, Física e Matemática, além de ter sido Orientador Educacional, Coordenador e Diretor Pedagógico em diversas instituições de ensino básico, pré-vestibular e superior. Também foi facilitador do programa “Os 7 Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes” da Franklin Covey, treinando centenas de adolescentes e adultos quanto a proatividade, planejamento e trabalho em equipe.

Atualmente é Sócio/Diretor da Moose Educacional, empresa prestadora de serviços de soluções administrativo-pedagógicas e que atende a escolas em todo o Brasil. Atua também como Diretor Comercial do International Education Bureau. É curador das revistas eletrônicas “Carro & Estilo”, sobre automóveis, e “EducaMoos!”, que aborda a inovação, o empreendedorismo e a tecnologia aplicada a educação, tendo para ambas, perto de 20 mil seguidores e mais de 2,5 milhões de visualizações.

Adora tecnologia aliada a educação, pois acredita que esta ideia torna o aprendizado interessante, prático e eficaz. Pensando neste modelo diferenciado e atual, decidiu juntar-se a Ferreira Junior para oferecer ao nosso público um portal educacional jovem, que descomplique a educação e compartilhe o aprendizado.

E-mail

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here