5 dicas para evitar a procrastinação através de passos simples

Muitas pessoas nos procuram, pessoalmente ou por e-mail, dizendo que gostariam de mudar suas vidas e não sabem como. Querem construir alguma mudança e não sabem por onde começar. Alguns possuem dificuldades financeiras, outras no relacionamento. E sempre percebo que tem algo de belo nessas pessoas: o esforço, o otimismo e os valores. Procurei então listar nesse texto alguns itens que podem ajudar a responder essas questões.

Todos nós temos metas e objetivos pessoais e profissionais. As pessoas de sucesso costumam ter isso bem claro não só na cabeça, mas também em planilhas ou impresso, e analisam o atingimento dessas metas e objetivos diariamente, ou no máximo semanalmente. Bom, se você não tem esse hábito, é importante repensar. Vamos fazer um teste? Responda para você mesmo: como você gostaria que sua vida estivesse daqui a 20 ou 30 anos? O que você está fazendo hoje para alcançar esses objetivos? Seus passos, pensamentos e atitudes são condizentes com o que você almeja? Se você teve dificuldades de responder algumas dessas perguntas, então é hora de rever seus hábitos com relação às metas e objetivos pessoais e profissionais.

Bom, voltando ao assunto, uma vez que você já tem claro para si mesmo suas metas e objetivos, você já tem condições de definir aquilo que é importante e priorizar sua execução, deixando cada vez mais de lado o urgente e o circunstancial.

E aí aparece uma palavra que sinceramente é feia demais (feia na pronúncia e escrita mesmo): Procrastinação. O que significa esse “monstro”? Essa palavra significa retardar uma ação, deixar para depois, falta de vontade de fazer algo, adiar, atrasar, e assim por diante.

E o que a procrastinação tem a ver com objetivos e metas? É bem provável que seus objetivos e metas tanto pessoais quanto profissionais estejam atrelados com aquilo que você chama de felicidade, não é mesmo? Todos nós buscamos felicidade, e geralmente quando definimos um objetivo pessoal, é porque esse objetivo está atrelado com nossa felicidade.

Bom, se alcançar as metas e objetivos pessoais vai trazer felicidade, então é só executar! Na teoria é simples, eu sei, e aí aparece a procrastinação, o ato de não fazer, de deixar para amanhã, deixar para depois.

Isso significa deixar de alcançar suas metas e objetivos, deixar para amanhã a sua felicidade… E… Será que amanhã dará tempo?

O que pode ser mais forte do que a sua vontade de alcançar suas metas e objetivos? Sinceramente, nada pode ser mais forte que você! Você é quem “comanda” a sua vida, portanto, se você tem claro suas metas e objetivos e agora já sabe que isso vai te trazer felicidade, então é simplesmente eliminar essa palavra procrastinação da sua vida!

Uma sacada para vocês: quando você procrastina, aquilo que era importante poderá se tornar urgente, e o urgente é aquele tipo de atividade que chamamos de “apagar incêndio”. Quanto mais procrastinar, mais atividades urgentes aparecerão na sua vida, e isso vai impactar diretamente na administração do seu tempo.

Algumas dicas para ajudar a eliminar a procrastinação:

  1. Faça cada uma das atividades na hora certa: esse é um trabalho de autoconhecimento mesmo. Eu, por exemplo, rendo muito mais no período da manhã. Portanto, 8 horas da manhã há estou na ativa, e vou parar apenas por volta das 12:30 ou 13:00 horas. Nesse período minha produtividade é muito alta. A tarde já é um pouco menor. Sendo assim, procuro fazer as atividades mais complexas na parte da manhã, que exigem mais concentração e foco. Quando eu preciso fazer algo um pouco mais criativo, resolver algo complexo, geralmente prefiro fazer a noite, após as 23:00 horas, pois a noite no meu caso é mais propícia para isso. Ache seus melhores momentos e execute suas atividades de forma inteligente, na hora certa.
  2. Priorize suas tarefas: essa prática ajuda muito pois te trará clareza sobre o que realmente é importante e precisa ser executado. E se você priorizou e sabe que é importante, você já sabe que se não fazer, isso se tornará urgente.
  3. Defina prazos: os prazos trazem o sentimento de urgência. Se você apenas prioriza suas tarefas, a procrastinação ainda pode te pegar. Mas quando você define prazos para você mesmo, aí entra o seu comprometimento e responsabilidade consigo mesmo. E quem gosta de falhar consigo mesmo? É uma espécie de fracasso não é mesmo…
  4. O feito é melhor que o perfeito: por vezes procrastinamos por achar que algo não vai dar certo, ou que o caminho ainda está um pouco obscuro. Lembre-se, o feito é melhor que o perfeito, portanto, vão em frente, sorriso no rosto e firmeza nas decisões.
  5. Tenha metas e objetivos: sem dúvidas essa é a melhora dica! Se você tem um objetivo de vida e luta por ele, nada pode te derrubar. A vida é cheia de surpresas, sabemos disso, mas é tudo uma questão de teste. Você realmente quer alcançar seu objetivo de vida? Pois bem, foco e trabalho, e tenha a certeza que será “testado”. Quanto mais procrastinar, mais longe estará do seu objetivo, que é a sua própria felicidade.

Forte abraço, gratidão, e te convido a conhecer o portal E-VOLV.ME onde temos muitos artigos e vídeos sobre Gestão do Tempo, Produtividade, Coaching e Aprendizagem Acelerada.

Nos vemos lá!


Matéria por: Fabiano Santana

  • Fabiano Santana
    Fabiano Santana
    Colunista
Fabiano Santana
Colunista

Coaching
Praticamente 20 anos de experiência no mercado corporativo, atuando em posições de Gestão, Liderança e Consultoria Executiva.

Atualmente, Professional, Life and Self Coach, tem como Missão ajudar as pessoas a alcançarem suas metas e objetivos, pessoais ou profissionais. Autor de 3 livros, centenas de artigos e dezenas de e-books, teve também atuações como professor convidado em cursos de Pós Graduação e dezenas de palestras executadas pelo Brasil afora.

Clique aqui para acessar todos os textos do colunista
Site Pessoal
E-mail


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here