Seu filho vem se irritando com frequência e a razão é aparentemente desconhecida. Isso pode ser estresse. Esta é uma resposta automática diante de uma situação nova, ao excesso de atividades (seja de estudo ou extracurricular) ou ainda à falta de uma boa noite bem dormida.

Antes de tudo, é necessário definir qual é a intensidade com que isso ocorre, para não confundirmos algo pontual e isolado com algo que se repete com frequência. Mesmo nós adultos, temos nossos momentos de reação diferenciada diante de um fato ou situação inesperado. Pensando especificamente na criança, o lidar com estas situações pode ser ainda mais complicado. Desta forma, os responsáveis precisam estar atentos a alterações de comportamento e expressões corporais. Elas sugerem que as coisas não estão caminhando bem, e que é necessária uma investigação mais detalhada por parte de um especialista.

Alguns sinais de que as coisas não estão bem, podem ser a falta de concentração e apetite, dores constantes (barriga e cabeça), irritabilidade, pouco sono, falta de interesse em coisas que aprecia ou constante tristeza. Estes sintomas podem aparecer combinados, ou não, mas o mais importante é perceber por quanto tempo isso vem acontecendo. Nestes casos, a orientação médica é melhor opção.
Mas antes disso, algumas atitudes por parte dos responsáveis podem ajudar, tais como:


– Pergunte à criança se algo está ocorrendo, seja em casa ou na escola, e coloque-se a disposição para ajudar, caso ela precise. Se a criança for nova demais para responder a essas perguntas, observe atentamente suas reações. Estimule a expressão de seus sentimentos e mostre que você é uma pessoa em quem ela pode confiar.


– Aproxime-se ainda mais de seus filhos.  Aproveite as oportunidades e pense em uma atividade que eles gostem bastante e busque uma forma de participarem juntos dela.


– Perceba se ele precisa de um tempo para pensar. Mas neste caso, faça-se perceber em relação à sua presença. Algo do tipo, “se precisar, estou por aqui.”, ou “conte sempre comigo”, seguidos de um bom abraço, sempre transmitem segurança.


– Observe as situações novas, que passaram a fazer parte da rotina de vocês. Seja na escola, seja em casa, existem sinais que podem dar pistas sobre o que pode estar acontecendo, tais como perda ou doença de alguém na família, mudança de casa ou de escola, brigas constantes entre os familiares, nascimento de um irmão, muitas atividades na escola ou extracurriculares, bullying, ou até mesmo falar em público.


– Fique atento ao rendimento escolar, pois este é um dos indicativos que as coisas não estão indo bem. Cuidado com a exigência quanto as expectativas. Ninguém é igual a ninguém, portanto evite comparações e não pressione. Muitos casos de estresse, relacionados à escola e aos amigos do filho, acontecem por conta da cobrança de resultados “perfeitos” por parte dos pais.


Como sempre digo, qualquer que seja a situação envolvendo um conflito, o diálogo é sempre a melhor solução. Boas palavras fazem com que diversas situações possam ser melhor compreendidas e o aprender, para ambas as partes, sempre ocorrerá de forma natural. Ao final, toda situação difícil é um aprendizado disfarçado de oportunidade. Aproveite-a!

Matéria por:

  • André Moreira
    André Moreira
    Sócio Fundador do Portal Educa2
André Moreira
Sócio Fundador do Portal Educa2

É Bacharel e Licenciado em Química e Pedagogia, habilitado em Física, e possui MBA em Gestão de Instituições de Ensino. Atuou por 15 anos como professor das disciplinas de Química, Física e Matemática, além de ter sido Orientador Educacional, Coordenador e Diretor Pedagógico em diversas instituições de ensino básico, pré-vestibular e superior. Também foi facilitador do programa “Os 7 Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes” da Franklin Covey, treinando centenas de adolescentes e adultos quanto a proatividade, planejamento e trabalho em equipe.

Atualmente é Sócio/Diretor da Moose Educacional, empresa prestadora de serviços de soluções administrativo-pedagógicas e que atende a escolas em todo o Brasil. Atua também como Diretor Comercial do International Education Bureau. É curador das revistas eletrônicas “Carro & Estilo”, sobre automóveis, e “EducaMoos!”, que aborda a inovação, o empreendedorismo e a tecnologia aplicada a educação, tendo para ambas, perto de 20 mil seguidores e mais de 2,5 milhões de visualizações.

Adora tecnologia aliada a educação, pois acredita que esta ideia torna o aprendizado interessante, prático e eficaz. Pensando neste modelo diferenciado e atual, decidiu juntar-se a Ferreira Junior para oferecer ao nosso público um portal educacional jovem, que descomplique a educação e compartilhe o aprendizado.

E-mail

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here