Há quinze anos sou professor universitário.

Durante todo esse tempo o que mais tenho visto é a falta de compromisso.

Daí nasce o desinteresse. A apatia. A inércia. O desestímulo.

Percebo que poucos são comprometidos com os seus projetos de vida.

Porque compromisso transformou-se (simplesmente) em sinônimo de fardo.

E o que está em moda cada vez mais é menos trabalho.

O que vale é a máxima: “deixo a vida me levar.”

‘Relaxe e goze’ é o lema.

Sem cobranças. Sem pressão. Sem preocupação.

Sem compromisso.

Acontece que sem compromisso não há força e nem foco

para vencer quedas, buracos e obstáculos.

Somente se temos compromisso é que conseguimos seguir em frente.

Sem desviar do nosso propósito.

Sem arrumar qualquer desculpa tola para desistir.

Compromisso é combustível.

Para a evolução. Para o aperfeiçoamento. Para o aprendizado.

Somente com entrega e envolvimento total somos capazes

de melhorar como profissionais e seres humanos.

Acredita nisso?

Então quais compromissos você tem honrado e assumido?

Com as outras pessoas?

Com os seus sonhos?

Consigo mesmo?

Entenda: ter comprometimento não é garantia de sucesso,

mas é um bom início.


Matéria por:

  • Raul Otuzi
    Raul Otuzi
    Colunista
Raul Otuzi
Colunista

Raul Otuzi é Redator, Professor e autor do livros: “Tristes Finais para Começos Infelizes”, “Cenas de um casal publicitário”, “25 contos sobre relacionamentos humanos, seus abusos e absurdos”.

Clique aqui para acessar todos os textos do colunista
E-mail
Fanpage
Fanpage “Mais poesia, obrigado”


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here